04 Lugares incríveis para fotografar em SP e suas histórias

Quando a gente gosta de fotografia não tem jeito, nas fotos externas é praticamente impossível não reparar naquela luz natural da locação, naqueles cenários de fábricas abandonadas, nos campos de flores e em todos os outros elementos que compõem a cena.

Então pensando nisso, neste texto de hoje eu vou te mostrar alguns desses lugares incríveis e contar um pouco sobre cada um, porque cultura não faz mal a ninguém não é?

Ah, já ia esquecendo de te falar… As fotos dos lugares estão no final do texto!

#01 – Avenida Paulista

Eu juro que não tem como não começar esse texto sem falar da ‘queridinha’ de todo amante de fotografia de retratos! Te desafio a abrir o Instagram aí, procurar pela tag #splovers e não encontrar fotos de lá, mas ela é a queridinha e não é por acaso.

A Av. Paulista foi inaugurada em 08 de dezembro de 1981 com o objetivo de ser a principal avenida de um novo conjunto de bairros residenciais em São Paulo, mas que fosse um pouco distante do ‘centrão’ movimentado da cidade. Uma vez chamada de Av. da Acácias, a Av Paulista foi a primeira via pública asfaltada de SP e já foi o reduto das grandes mansões dos barões do café, 09 desses casarões ainda sobrevivem ao tempo.

As opções pra fotografar lá são infinitas! Se você gosta de fotografia documental, lá tem muita história pra ser contada. Mas se não é a sua praia, da pra encontrar cafeterias, parques e luzes de fundo incríveis a noite.

#02 – Paranapiacaba

Paranapiacaba também é uma cidade que sobrevive ao tempo, mas que não se remontou com o passar dos anos. Foi inaugurada em 1874, ainda conhecida como a Estação do Alto da Serra, surgindo da necessidade de não ser mais um acampamento dos operários da São Paulo Railways, mas em se transformar numa cidade pra abrigar o fluxo constante de pessoas.

Paranapiacaba, do tupi-guarani, significa “lugar de onde se vê o mar”. Foi um dos lugares mais importantes dentro da malha ferroviária da São Paulo Railways, que transportava pessoas e escoava carga até Santos. 

Parece clichê falar de Paranapiacaba como um ótimo lugar pra fotografar, mas é verdade, pras duas coisas rs! Quando você for pra lá, vai se sentir numa cidade inglesa do século XIX e além da cidade da pra você curtir trilhas e cachoeiras ali por perto, rendem ótimas fotos.

#03 – Vila Maria Zélia

Localizada no bairro Belém em São Paulo, a vila industrial inaugurada pelo médico Jorge Street em 1915 acompanhou a ampliação das instalações da Cia Nacional de Tecidos da Juta. A Vila tinha o objetivo de servir de abrigo para os funcionários da fábrica e suas famílias, contavam com escolas, farmácia e toda uma estrutura para garantir as necessidades dos moradores. O nome da Vila é uma homenagem à filha do Jorge Street.

Hoje a vila tem uma parte muito bem recuperada e outra que está ‘abandonada’, a melhor pra fazer umas fotos e se você gosta de uns cenários abandonados, com ferrugem e coisas bem antigas, esse é o lugar pra você ir.

#04 – Templo Zu Lai

Com acesso pela Rod. Raposo Tavares km 28, o Templo Zu Lai é o maior, e primeiro, templo budista do monastério Fo Guang Shan da América Latina. Em 1992 quando o Mestre Hsing Yun estava no Brasil consagrando o templo Kuan Yin, um casal de discípulos, tocados pela cerimônia, resolveu doar sua propriedade para que o templo Zu Lai fosse construído, assim os ensinamentos continuariam se propagando. Mas só em maio de 2000 é a que a construção do templo, no edifício atual, foi iniciada.

Olha, se a sua praia é foto com elementos da natureza, uma sensação de paz e tranquilidade, vá esse final de semana conhecer o templo. O lugar é lindo, mas respeito é essencial, no dia que eu fui conhecer o templo tinha fotógrafo colocando modelo em cima das estátuas, você acredita?

Gostou das dicas de hoje? Então curta, compartilhe no Facebook e deixe um comentário aqui em baixo no Blog mesmo!

Foi um prazer e até o próximo post <3

Veja também:

Compartilhe <3

Deixe um comentário